Remessa expressa internacional é uma modalidade na qual uma empresa intermediária conhecida também como courier se encarrega de todos os procedimentos da entrega de um produto porta a porta. 

Isto é, ela é responsável pelo despacho de exportação, armazenamento até o deslocamento do cliente. Ademais, todo processo é menos burocrático e simplificado pela operadora logística.

Assim, o cliente, pessoa física ou jurídica não precisa ser autorizado a receita federal e nem ao sistema radar siscomex.

Descubra tudo sobre essa modalidade lendo este artigo até o final.

 

Quais são as vantagens da Remessa Expressa

A terceirização é um dos recursos mais inteligentes dentro de uma empresa. 

Veja os principais benefícios na modalidade courier em relação à essa estratégia: 

 

Para Empresas

  • Redução de custos operacionais
  • Estrutura compartilhada
  • Clientes mais satisfeitos 
  • Experiência agregada a prestação de serviços no frete

 

Para Clientes

  • Prazos mínimos de entregas
  • Confiança nas entregas
  • Maior alcance nas entregas
  • Rastreamento de encomendas 
  • Prestação de serviço mais versátil 

 

Há limite de valores e quantidades 

Podem ser importadas mercadorias que chegam de 3.000,00 por remessa com um limite anual de 100.000,00 dólares convertidos na moeda local.

O imposto de alíquota é 60% ( carga + frete + seguro ) sobre o valor aduaneiro, a carga é isenta dos demais tributos federais e o ICMS é cobrado conforme alíquota fiscal domiciliar e estatal.

Nesta modalidade pode ser utilizada tanto para pessoa física quanto jurídica, no entanto, pessoa física, só para uso próprio, nada de quantidades que configure como comércio ou industrialização.

Além disso, é importante que a pessoa física não se use métodos ludibriados como por exemplo: trazer via courier 30 ,em 30 dias diferentes ou 30 fragrâncias diferentes. 

 

O que NÃO se pode importar via Courrier

  • Exportação esteja suspensa ou vedada;
  • Bens usados ou recondicionados, exceto:
    a) os meios físicos que compreendam circuitos integrados, semicondutores e dispositivos similares, gravados ou
    b) os destinados a uso ou consumo pessoal;
  • Bebidas alcoólicas, na importação;
  • Moeda corrente;
  • Armas e munições, bem como suas partes, peças e simulacros;
  • Fumo e produtos de tabacaria, exceto as exportações de amostras de fumo, classificadas na posição 2401 da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM), desde que a operação seja realizada por estabelecimento autorizado a exportar o produto, nos termos do art. 347 do Decreto nº7.212, de 15 de junho de 2010;
  • Animais da fauna silvestre;
  • Vegetais da flora silvestre;
  • Pedras preciosas e semipreciosas; 
  • Outros bens, cujo transporte aéreo esteja proibido, conforme a legislação específica.

 

O que é preciso para operar na Remessa Expressa

Toda operadora logística de transporte expresso internacional deve ter habilitação permitida por um Ato Declaratório Executivo (ADE), o que possibilita à empresa atuar.

Empresas que têm permissão de operar o despacho aduaneiro de remessa expressa podem operar em qualquer recinto, contudo, por estarmos falando de remessa internacionais é mais comum que sejam detectadas nas seguintes unidades:

  • Alfândega da RFB no Aeroporto Internacional do Galeão (Rio de Janeiro/RJ);
  • Alfândega da RFB no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos (Guarulhos/SP);
  • Alfândega da RFB no Aeroporto Internacional de Viracopos (Campinas/SP);
  • Inspetoria da RFB no Aeroporto Internacional dos Guararapes (Recife/PE)

Informações complementares podem ser obtidas na Portaria Nº 36, de 4 de julho de 2019 a qual dispõe sobre requisitos de habilitação especial nas operações de remessas expressas internacionais.

 

Como o SmartComex pode te ajudar

Você pensou em rapidez e simplicidade ? 

O Smartcomex é o software que vai agilizar todo seu processo analítico e estratégico reduzindo custos e otimizando seu tempo.

Desenvolvemos um conjunto de telas simples e automatizadas que trabalham junto com nosso suite de integração para que operadores logísticos, devidamente homologados na RFB,  possam:

  • Gerenciar as Remessas através das bags em que estejam contidas
  • Criar e submeter o Manifesto de Carga
  • Conferir o recebimento e dar Presença de Carga
  • Criar e submeter a DIR
  • Gerar as Guias de Tributos (DARF)

Estamos operando regularmente na 8ª atualização do Siscomex Remessa, isto é, o sistema da RFB no qual nos comunicamos, para você contar com maior transparência e reaproveitamento das informações. Somos também uma VAN(Value Added Network) ou seja fazemos parte da rede da SERPRO maior autoridade em T.I. e sistemas de dados no Brasil.

Obtenha o Smartcomex o melhor software de otimização para modalidade de remessa expressa!

 

Conclusão 

Neste artigo você viu de maneira simples todo procedimento e de como funciona uma importação via courier, os melhores benéficos e maiores vantagens dessa modalidade.

Além disso, você viu como o procedimento de uma remessa expressa é mais rápido, menos burocrático e simplificado.

E então vai ficar de fora deste modelo que cresce cada vez mais? Entre em contato com nossos especialistas para obter o melhor software!

 

 

Texto de Val Ferreyra 

 

Está homologado na modalidade e sem Sistema?

Ao criar a conta, você aceitará nossos Termos e Condições

Artigos Relacionados